Cardápios virão com informação de calorias





Cardápios virão com informação de calorias

Cardápios virão com informação de calorias

A indústria alimentícia vive em constate mudança visando facilitar a vida do consumidor. Uma preocupação que se tornou frequente em diversos países, inclusive o Brasil, é o aumento do número de pessoas com sobrepeso ou obesidade.


A obesidade cresceu cerca de 60% nos últimos 10 anos no Brasil, um dado que alarmou o Ministério da Saúde. Esse fenômeno se dá por diversos fatores, porém, o principal, é o aumento pela procura de restaurantes e fast foods para realizar as refeições. Até mesmo as crianças estão sendo vítima desse mal que anda assolando a população, pois a falta de tempo dos pais e responsáveis acaba resultando em uma alimentação mais pobre de vitaminas e geralmente repleta de gordura e calorias.
Outra preocupação que vem sendo frequente é o aumento do número de pessoas que apresentam algum tipo de alergia alimentar, principalmente a lactose e ao glúten. Especialistas tentam desvendar o porque da alergia alimentar ser mais frequente do que comparada há 10 anos, e muitos acreditam que o excesso de consumo de produtos altamente industrializados pode ter uma relação direta com o aumento dessa alergia.
Pensando nisso, o governo Brasileiro elaborou uma lei que obriga bares, restaurantes, lanchonetes, confeitarias e delivery a informar a quantidade de calorias contida em cada prato assim como alertar sobre a presença de alimentos com lactose e glúten. O texto foi aprovado no Senado, pela comissão da Defesa do Consumidor, e já seguiu com caráter conclusivo para a análise das comissões de Constituição, Justiça e Cidadania e de Seguridade Social e Família.
A lei ainda impõe que lugares que não disponibilizem cardápios deverão conter letreiros afixados em local visível aos consumidores contendo o valor calórico de cada prato ou porção comercializados no local, assim como uma mensagem que alerte sobre os perigos do sobrepeso e da obesidade. Os dizeres deverão estar dispostos de forma legível e de fácil compreensão para o consumidor.
Locais que atuem somente com a entrega em domicílio deverão imprimir as informações nutricionais e de componentes alergênicos, assim como a mensagem de alerta, e enviá-la junto ao pedido. A mensagem de alerta sobre o sobrepeso e a obesidade que deverão constar no cardápio ou em um letreiro é: “O sobrepeso e a obesidade são fatores de risco que podem comprometer seu bem-estar e sua saúde”. Essa mensagem visa desencorajar o consumo excessivo de alimentos muito calóricos, como hambúrgueres, e fazer o cliente refletir sobre suas escolhas.

Como aderir à nova lei de maneira prática e rápida?

Um jeito muito simples e econômico de se adequar a nova lei é através de etiquetas com as informações calóricas e da presença de glúten e lactose. Com a utilização das etiquetas, não é necessário realizar uma nova impressão de cardápios, que acaba onerando nos custos do estabelecimento e demorando alguns dias para ser entregue.
Além do mais, é possível encomendar a impressão em etiquetas todas brancas, inserir logo do estabelecimento, selinho de qualidade, o que você quiser. Aqui na Etipress trabalhamos com etiquetas a prova d’água, como o BOPP e o Vinil. Então lembre-se, a Etipress pode te ajudar a enfrentar essa nova lei de maneira mais prática, rápida e econômica!

A ETIPRESS

A Etipress está no mercado há mais de 20 anos e você pode encontrar etiquetas adesivas, rótulos, etiquetas para código de barras, etiquetas de lacres, etiquetas em brancos, etiquetas pré impressas, etiquetas em hotstamping, ribbons, cartões e folders. Entre em contato conosco e faça um orçamento para etiquetas personalizadas!



ENTRE EM CONTATO

Profissionais especializados e prontos para atendê-lo. Inovação, qualidade e etiquetas exclusivas.