Rótulos com informações para alérgicos: é necessário?





Etiquetas para Alimentos

Etiquetas para Alimentos

Em 2015 foi realizado um estudo pela Universidade Northwestern, em Illinois nos Estados Unidos, que constatou que nos últimos cinco anos o número de casos de internações e ocorrência nos prontos socorros, consequente de crises alérgicas alimentares, cresceu cerca de 30% ao ano.


A pesquisa analisou dados de mais de mil ocorrências em prontos socorros, no ano de 2008 a 2012.Muito se é especulado sobre os fatores para o aumento das alergias alimentares, entre eles estão o uso excessivo de antibióticos e o constante consumo de alimentos altamente industrializados. Ela é mais comum em crianças, porém também afetam os adultos.
Há diversos tipos de alergias alimentares, e os mais comuns são: A proteína do leite, a ovos, ao trigo (que são conhecidas como pessoas celíacas), as sementes de oleaginosas e a fruto do mar. Porém também existem alergias a legumes, frutas e a carne. Por causa desse aumento surgiram campanhas como a ”Põe no Rótulo” exigindo que os fabricantes especificassem há presença de alimentos alergênicos nos produtos, especialmente por causa de crianças.
Com essa pressão popular, em 2016 entrou em vigor uma resolução da Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a obrigatoriedade de embalagens de comida e bebidas possuírem nos rótulos a presença de alimentos que causam alergias alimentares.

Segundo o órgão os fabricantes deverão informar nos rótulos a existência de dezessete substâncias: Crustáceos, ovos, peixes, trigo, amendoim, leite de todos os mamíferos, soja, oleaginosas (Amêndoa, castanha de caju, castanha do Pará, avelã, nozes pecã, castanhas e pinoli), e látex natural. Caso possuam algum desses ingredientes, o rótulo deverá vir indicado com ” Alérgicos: Contém” seguido do nome das substâncias alérgenicas. Vale ressaltar que a determinação anterior sobre conter glúten continua vigorando até hoje.
Com isso, se tornou obrigatório o uso de rótulos em alimentos e bebidas, transformado o setor. É sempre necessário lembrar que além de pôr essas informações, é preciso que o rótulo seja resistente e de preferência a prova d’água, pois serão expostas a variações de temperatura, manipulações com água, e é necessário que as informações se mantenham intactas e legíveis até o fim do consumo do produto. As mais indicadas são as etiquetas de vinil, que possuem grande resistência a variações de temperatura e à água, sendo indicada para o uso em alimentos e bebidas.

CONHEÇA A ETIPRESS

Presente no mercado há mais de 21 anos, a Etipress trabalha com etiquetas de diversos tipos e alta qualidade, visando ajudar o cliente em soluções modernas e eficientes. Acreditamos, não apenas na simplicidade de adequações, mas também, no desenvolvimento de soluções inovadoras, para nossos clientes alcançarem os melhores resultados, de maneira consistente e sólida.

Entre em contato com a nossa equipe através do site e solicite um orçamento: http://etipress.com.br/contato/



ENTRE EM CONTATO

Profissionais especializados e prontos para atendê-lo. Inovação, qualidade e etiquetas exclusivas.